Posts Tagged ‘Reginaldo Rossi’

Reginaldo Rossi Roqueiro e de Cabelo Liso

September 17, 2009

reginaldo-rossi-1

Reginaldo Rossi como você nunca viu. De rei do brega à jovenguardiano, ou melhor de jovenguardiano à rei do brega. Antes de compor músicas memoráveis como “Mon amour, meu bem, ma feme”, Reginaldo era conhecido por músicas como “O Valentão” – que fazia alusão ao cantor Erasmo Carlos – e “Você não pode parar”, com um Sax raivoso e cru, semelhante ao de “Have Love, Will Travel” de The Sonics.

Enquanto a maioria das bandas se ocupava em fazer versões de bandas inglesas, o pernambucano fazia um som muito mais original, com outras influências e letras que iam de Cachorros ao Vietnã.

O disco começa com a balada “Para de Chorar” que tem um refrão fácil de ser cantado e um órgão bem interessante. “Para de Chorar” já é um passo para o brega, com sua letra melosa que fala sobre brigas de casal. E quando você escuta “Complexo de Cachorro”, se pergunta “esse é realmente o Reginaldo Rossi?” é, é ele mesmo, gritando e sendo acompanhado por uma guitarra nervosa. “O Valentão” é uma alfinetada agressiva, com uma dose tímida de fuzz, dirigido a Erasmo Carlos, versos como “era um moço alto/ muito forte, bonitão/ as moças da cidade/ o achavam tremendão/ mas tinha a mania/ de ser muito valentão/ e vai acabar na prisão” remetem claramente ao tremendão.

O golpe de mestre de Reginaldo aconteceria vários anos mais tarde, quando ele desistisse do rock, que não era tão apreciado em Recife e decide se tornar o “rei” irreverente do “brega” .

Enfim, baixem e escutem o disco, garanto que vocês terão uma agradável surpresa.

Baixar Disco

“Na minha época a gente não cheirava cocaína, a gente cheirava era a xereca das meninas!” (Reginaldo Rossi)