Posts Tagged ‘Revival’

Os Filhos de Deus (Screamin’ Jay Hawkins)

June 2, 2010

Como bons primatas que somos, um pouco de selvageria:


Em pleno anos 80, quando reinavam as dancinhas epiléticas, as vozes graves e cheias de reverb, a parafernália eletrônica, toda essa merda gótica/dark… Uns ratos direto dos porões úmidos do baixo East Side infestavam Nova York com os seu estilo único de fazer musica naquela época. Estamos falando dos Fuzztones, meus amigos, os pioneiros da – por mim chamada de – segunda fase do garage 60’s, os revivalistas. Depois desses caras surgiram todas as bandas de garage 60’s revival que conhecemos hoje. A banda está na ativa até hoje nos oferecendo o que há de melhor, em termos de selvageria, ossos humanos, guitarras vox, fuzz e honestidade em relação as suas origens musicais.


Com todos os órgãos e fuzz dos anos 60, mais a selvageria punk, a bizarrice a lá Screamin’ Jay Hawkins e covers furiosos de The Sonics, os Fuzztones gravaram um dos clássicos do Garage Rock, Lysergic Emanations é o nome da pérola.

BAIXAR DISCO

Os Haxixins e Seus Delirios

September 5, 2009

Os+Haxixins+

Com seus amplificadores valvulados, órgão Vox e mais um bando de equipamentos vintage, Os Haxixins vêm tocando toda a sua lisérgia sônica pelos lugares mais fuzzleiros da zona leste de São Paulo, apelidada de Zona Lost pelas outras bandas garageiras que foram paridas por lá. Os Haxixins é uma banda de garage revival, não só no som, como no visual e nos equipamentos de som e luz.

O grupo praticava umas experiências parecidas com as que estão documentadas no livro “Clube dos Haxixins”. Essas experiências consistiam no uso de haxixe, levando seus membros a se deliciarem nas mais fantásticas alucinações e pesadelos. Artistas como Charles Baudelaire e Téophile Gautier faziam parte desse tal clube. Identificada com o livro, a banda passou a se chamar Os Haxixins.

As musicas falam de viagens às cavernas, delírios, espaçonaves e muito acido. Com um fuzz face dallas arbitrer do Fábio Fiuza berrando no talo e o farfisa derretido do Alexandre Alôpra, Os Haxixins mostram que vieram mesmo das cavernas.

De The Seeds pra baixo, vêm as influencias dessa banda que surgiu em 2003 na Zona Leste de São Paulo, lugar onde predominam as bandas mais obscuras do Brasil. Só com um pedal fuzz e a coragem, Os Haxixins começaram a saga da gravação das musicas, a idéia era fazer o som chegar o mais próximo possível do que era feito na década de 60. Foram varias tentativas frustradas, até que com ajuda de instrumentos da época e amplificadores valvulados, uma mesa de som analógica e uma fita de rolo, conseguiram a tão sonhada sonoridade rápida e suja das bandas de garage dos anos 60.

As musicas foram upadas no My Space da banda, e então surgiu o convite do selo português Groovie Records para gravar um vinil 12”. Foram apresentadas composições próprias mergulhadas em acido lisérgico (redundância, foda-se) e dois covers muito bem escolhidos: Dirty Old Man (The Electras) e In The Deep End (Artwoods) na versão turca do Istanbul Erkek Lisesi. O Disco rendeu boas resenhas em publicações conceituadas, como Shinding (Inglaterra) e Lost In Tyme (Grécia), além do portal de garage punk espanhol I-Punk. Na seqüência, veio a primeira turnê européia, que passou por Portugal, Espanha e Itália. Na viagem, a banda fez shows memoráveis em santuários do garage rock mundial, como La Pequeña Betty e La Gramola (Espanha) por onde já passaram importantes bandas da cena garagera e Skalleta (Itália), por onde já passou o eterno líder do Love, Arthur Lee.

Quando voltaram ao Brasil, o baixista Daniel teve que abandonar a banda para se dedicar mais aos Cavernas. Entrou Caio Sergio e voltaram pra Portugal, lá gravaram mais duas musicas: “Depois de um LSD” e “Espelho Invisível”. As musicas foram lançadas vinil 7” pelo selo Groovie Records. De volta ao Brasil, gravaram umas vinhetas que foram sendo exibidas durante a programação da MTV.

Não demorou muito, voltaram pra Europa para mais uma turnê. O selo americano Get Hip se interessou por eles e relançou em vinil e em cd o primeiro disco. Agora a banda prepara o lançamento de um compacto duplo por um selo do Texas.

haxixins

01. Onde Meditar

02. Dirty Old Man

03. Depois Eu Volto

04. Surgia Por Sobre a Relva

05. Se As Pedras Cairem

06. Davi e Seus Delirios

07. Em Algum Lugar da Mente

08. Viagem as Cavernas

09. Preciso te deixar

10. In The Deep End

11. Algumas Milhas Daqui

12. Atras de Espaçonaves

13. Voltei Demente

14. Acido Fincado

Baixar disco